20 de set de 2008

Um diálogo vetorial (VR = ?) *

AÇÃO DIZ:

Poesia:
esta força
antigravitacional.

Cada vez que é lida,
te impulsiona pra cima.
Sustenida.

Cada vez que abandonada,
a gravidade te joga pra baixo.
Desgarrada.

Em tua direção
(cheia de intensidade e sentido)
espera gerar igual reação.
.
.
.

REAÇÃO DIZ:

Que venha
um valente vetor.
Que atravesse
vertical, vagaroso,
as veias (vivas?):
avermelhados vales.

Que venha!
Eu não veto a vetorial poesia:
esta força visceral,
antigravitacional.

Que venha o vetor
em sua grandeza dinâmica
ferir minha estática.


(*Em parceria com Alicia Ayanami)

16 comentários:

Three Love´s disse...

Então...

"Que venha o vetor
em sua grandeza dinâmica
ferir minha estática".

poesia é sempre poesia, por isso, mesmo quando não se entende um monte de palavras... elas assim... poeticamente ordenadas, musicalmente tocadas... resultam em [bela] poesia.

E eu fico assim, abobalhado e dizendo comigo mesmo, "que lindo!"

b.e.i.j.o.s.

Hamyata disse...

muito bom!
parabéns!
=)

Antonio Araújo Jr. disse...

Ah! Dessas com flexibilidade e solidez, linha e madeira, corda e raiz contidas num arco só... Apontando flecha, voa longe!

Dolfo disse...

mas tem horas que este vetor se esvai e só o vento e a dor para trazê-los de volta ... e eu nem curto isso ... prefiro o impulso da felicidade

Augusto S. disse...

"Ferir minha estática"

não digo mais nada... muito bem bolado!

Aline Aimée disse...

Nossa, vc articula a poesia com as ciências exatas de maneira inusitada e muito acertada. Muito bonito esse poema: denuncia o seu enorme talento e potencial. Dava pra fazer um livro com essa temática.

Bruna disse...

Enfim, entrei.

Me identifiquei : )

Pensei: "...espelho do mar de mim..."

Beijos!

Lais Mouriê disse...

Belo blog! Parabéns!

Tata disse...

Lindíssimo, Yara. Vc escreve com a alma.

Beijo!

* hemisfério norte disse...

muito bom
:)
bjs
a.

Raiz disse...

lindas as tuas palavras vetoriais...

me acertaram em cheio!

H.Hora disse...

Na tua física centrípeta,
na minha física torna...
só me agrada o que não é estático,
movimento, aceleração e dilatação.

H.Hora disse...

AHHAHAHAHAHA comentário meio lésbio incestuoso ( sem intensões)

Thiago disse...

"Que venha!Eu não veto a vetorial poesia"

Brilhante parceria! Lindo Yara! Desse jeito até eu começo a gostar de física hahaha

um abraço

Ramon Alcântara disse...

Fisica Quântica é poesia. Assim como Newton ainda estava em estado de prosa.



abzzzzz

J.F. de Souza disse...

Uma ação dotada de muita força
causando uma reação de mesma grandeza

Ciência exata não existe
Tudo é relativo
Cada um sente de um jeito
a força das coisas
e das Forças Maiores
que alguns ainda cismam
em tentar explicar...