6 de jan de 2009

Ciúme *

Tido e despossuído.
Ido.

Querer tanto
e tentar
e arder.
E despertar.

Querer ter
e des-ter
e despir o ter,
a tez,
um triz.

Um tanto querer ter-te
que para mim basta
abs-ter-te.


*Publicado em 3 de setembro de 2008 no Blog de Sete Cabeças: http://blogdesete.blogspot.com/

5 comentários:

Raíza Rocha disse...

querer ter-te
e te-ser
eu e tu
juntos...



Feliz ano novo, voz de brisa!

Pavitra disse...


muito bom, yara!

o primeiro ciúme do qual eu gosto muito! rs

Mary disse...

foi a partir desse que atraversei mais por aqui :)

bjuss

Ariane Rodrigues disse...

Obrigado pela visita no blog! Tbm gostei muito do teu cantinho e este poema em especial! Beijo!

H.Hora disse...

Esse ter possuidor,
esse meu,
esse teu possessivo pronome.
nesse negócio de amor,
eu.
vc.
Não temos dono.