22 de set de 2012

Ritual

São quase desnecessários
os rituais de marzipã.
As bocas cheias
de discursos e camafeus.
A dama de branco,
a dança,
os retratos de açúcar.
Quase desnecessário
o pacto trêmulo
de dedos entrelaçados.
O 'se' e o 'sim'.
Essencial (e apócrifo)
é o laço.

4 comentários:

Sandra Regina disse...

Querida!! Mandei um email pra vc.. recebeu? Preciso falar com vc urgente..r.s..
sanrsouza@hotmail.com
Beijo
Sandra

Lee disse...

Laço:
rituais
de bocas
e discursos -
pacto
de dedos
danças
e retratos de açúcar.

UIFPW08 disse...

lindo poema

J.F. de Souza disse...

sem rito
sem muito
grito

o que importa
é o ato